top of page
Sioduhi por Jéss Photos-85 (2) (1).jpg

Sobre a Sioduhi

Fundada em 2020 pelo Sioduhi, indígena Piratapuya.

Através das criações expressa o orgulho da origem indígena e a resistência das populações amazônidas. Abraça indígenas e não indígenas que vivem nesta casa comum.

Têm como referência o futurismo indígena amazônico.

Participou da 5ª , 6ª e 7ª edição Brasil Eco Fashion Week – BEFW

 

A Sioduhi Studio utiliza matérias-primas naturais, certificadas ou não, recicladas de estoques ociosos. Pesquisa e aplica processos tecnológicos ancestrais, realiza tingimento natural com tecnologia a ManioColor®, desenvolve coleções-cápsulas, potencializa profissionais amazônidas, sempre prezando por uma justa remuneração.

DSCF8974 (3)_edited.jpg

Sobre o Fundador e Diretor Criativo

SIODUHI, nascido na comunidade indígena Mariwá as margens do Médio Rio Uaupés, afluente do Rio Negro, Amazonas.

Personalidade do Prêmio Fashion Futures 2023 pelo Instituto C&A, Vencedor do Concurso ECOAR pela Arezzo&Co, Categoria Processos (2023). Finalista do Prêmio ID BR na Categoria Trajetória Empreendedora (2023).

Cursando MBA em Negócios e Estética da Moda, Formado em Administração e MBA em Gerenciamento de Projetos.

Seu nome só pode ser entendido a partir da cosmovisão de seu clã: aquele que carrega o espírito ancestral de um baiá, responsável pelas cerimônias sagradas do Rio Uaupés. E seu povo, gente-peixe, é reverenciado na logomarca da Sioduhi Studio.

Tecnologia ManioColor®

O Maniocolor é um corante têxtil à base de casca de mandioca da Amazônia, na qual a parte dessa raiz considerada resíduo, é reintroduzida no ecossistema da moda, ocupando um lugar essencial: o tingimento

Essa tecnologia está conectada aos sistemas agrícolas tradicionais da Amazônia, com ênfase no Rio Negro (SAT-RN)

parceiros

image.png
logotipo-evento-png (1).png
bottom of page